domingo, 21 de junho de 2009

A última carta




Foram tantas as promessas e juras, tantos planos compartilhados num mesmo sonho. Foram olhares sinceros, e quando digo sinceros é porque senti no suor das mãos e na palpitação desenfreada do menino coração. Foi na troca de carinho que percebi o quão majestoso é observas as estrelas no céu. Mesmo com tantos rios e curvas a separar a junção carnal, deu pra acreditar que tudo aquilo seria pra sempre. Sem mais delongas, não é esse o ponto em que quero chegar. A questão é: Como posso apertar a tecla Delete das minhas lembranças e sepultar sem remorso aquilo que um dia tanto me fez bem?


Achei loucura e por isso não me esqueço; certa noite, anos depois do “assassinato”, viajando numa onda pra lá de alucinógena em Camburí (litoral norte de SP) um lugar lindo com uma praia fantástica, sentado no alto de uma escadaria, avistei ela que sempre foi o talismã da nossa verdade, ali, um pouco mais a esquerda das Três Marias, brilhando a fim de conquistar a minha atenção. Mais piegas impossível. Ria pra tentar disfarçar aquele surto de sentimentos e lembranças que me envolvia dos pés a cabeça num transe psicodélico de emoções. Lembrava daquela noite em que deitados na esteira, iluminados pelo luar e ao som das ondas quebrando pertinho de nossos pés, prometemos a nós mesmos que enquanto a Sra. Iluminada existisse, o nosso amor também existiria, posto que a vida seria pouco pra tanto amor.Modéstia a parte, o mural de fotos exposto no quarto estava sempre cheio. Tinha de todas as cores e tamanhos, então por que se prender a quem de você se desprendeu?


Hoje, tentando ser adulto, entendo que foi tudo por causa da inocência. Corações jovens são em sua maioria inexperientes, portanto, inconseqüentes. Falam demais no momento que amam e não medem o grau do amanhã. Pronto. Mistério resolvido, história terminada. Alguém com dezoito anos de idade não sabe o quer para toda uma vida. Como pude ser tão tolo e não pensar nisso antes? Agora não será tão difícil destruir os registros matérias - já que os do coração são irreparáveis e diferentemente indispensáveis -, não como a cinco minutos atrás.


Certo é que em meus pensamentos levarei com carinho as boas lembranças desse que mais pareceu um conto de fadas sem final feliz. Faço porque sou assim mesmo, apegado as coisas que me fizeram feliz, grato às provas e lições que recebi da vida deixando claro que esta merece ser confraternizada com todo o nosso ímpeto . Sobra agora esse sentimento fraterno e ingratificavel, que se auto-alimenta de esperança e gratidão. Poucos sentimentos se comparam com o orgulho de ter carregado tanto amor e posso me considerar um felizardo, porque sou fruto desse amor, e isso me aquece a alma.


Querer ver-te novamente é um desejo que eu pediria ao gênio das mil e uma noites. Olhar em seus olhos, pegar suas mãos. Ver você rir quando eu te contar sobre minhas paranóias. Despeço-me esperando que em você tenha sobrado algo daquele brilho que eu enxerguei, pois se assim não for, já não valerá a pena.


Edu Bachiéga

51 comentários:

  1. opa, legal não só o post mais como o blog em si está muito bom!!!

    http://cayonauan.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Cayo, um elogio sempre aumenta mais o desejo de melhorar.

    ResponderExcluir
  3. que texto lindo Edu!

    obrigadinha pela visita no meu blog...kkkkkk vc se apaixonou pela Sandy...

    mas tipo...o meu é bem pior :p

    sucesso

    bjoka

    ResponderExcluir
  4. Como posso apertar a tecla Delete das minhas lembranças e sepultar sem remorso aquilo que um dia tanto me fez bem?

    Infelizmente é assim, temos que deletar inclusive o que foi bom, mas que por algum momento chato deixou de ser =/
    É a vida!

    ResponderExcluir
  5. Texto fera cara.

    Mas isso é ficção ou é baseado na tua vida?


    Abração ae se cuida..

    Visita ae qq hora:
    http://catalepsiaprodutiva.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Os textos são todos baseados nas experiências que tive.

    Valeu Felipe!!!

    ResponderExcluir
  7. muito bom o texto.

    visite me :
    www.arthurmelo92.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Bom é dificil, todos temos sentimentos, e é ruim esquecer algo que foi importante e bom...

    Beijos Otimo blog http://confissoesblogger.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá..
    Demais seu texto..
    é deletar as lembraças é impossel,mas deixa las dormirem no coração pode ser algo bom...
    Bjos

    ResponderExcluir
  10. É dificil encntrar, nos dias de hoje, aqueles que ainda escrevam cartas.
    Eu mesma, sou uma apaixonda por elas, adoro mandar para as amigas que moram longe, mas não costumo receber respostas via correio.
    Pena.
    Belo texto.

    ResponderExcluir
  11. É meio difícil não se indentificar com esse tipo de texto. Todo mundo tem um amor não muito bem resolvido, aquela história que não terminou muito bem.

    Muito bem escrito, com certeza.

    abç :]

    ResponderExcluir
  12. cara adorei teu texto :D
    teu jeito de escrever lembra o meu em alguns pontos, bem interessante, ótima escolha das palavras..
    se quizer, dá uma passada no meu blz?!

    ResponderExcluir
  13. Nossa amor puro amor define seu texto parabéns por sua escrita

    ResponderExcluir
  14. 'Alguém com dezoito anos de idade não sabe o quer para toda uma vida' não concordo. haiushuahsui porem, penso que alguem com dezoito anos só não sabe bem as consequencias que suas decições iram tomar, mas que bem sabe o que quer e como, sabe sim! ;) e por mais que não pareça, a sua decisão foi ter que deletar o sentimento.
    'Certo é que em meus pensamentos levarei com carinho as boas lembranças desse que mais pareceu um conto de fadas sem final feliz.' e quem um dia te iludiu dizendo que existe um final feliz? na vida real não se há final feliz. anah ;)

    ResponderExcluir
  15. Cara, muito bom texto.
    Bom mesmo.
    Até supreendente dentro do que a gente ve por ai nos blog da vida.
    Parabéns.

    http://martonolympio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Edu, parabéns! exto muito bom.
    Só espero que toda essa experiência, tenha trazido algo de positivo em sua vida.
    Sucesso.

    ResponderExcluir
  17. texto show de bola.

    http://futeblognews.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. aee fiii.. belezaa?? maioooooooor legaaaal esse blog aqui, certeza, vo entra direeetao aqui!!
    beeeeeeejoss

    ResponderExcluir
  19. De um jeito ou de outro, as pessoas marcam nossas vida. Nada é por acaso. O bom de tudo é que nós aprendemos com nossas experiências, ou tentamos fazer de tudo para que o mesmo erro não se repita.^^
    Adorei o blog!
    =**

    ResponderExcluir
  20. oi é muito dificil quando nós perdemos alguem que estar em cada parte de nós ainda!!!!!
    cada lembrança e sentimento ainda percorrem...
    o amor fica se transformando em dor!!! e tudo fica tão triste!!!! de não caber mais!!!!!
    mais no fundo acho esse sentimento de solidão até lindo sabia?

    espero sua visita!!!!

    ResponderExcluir
  21. Não espere o seu amor... vá atrás dele.
    Esse amor parece ser mal resolvido.. então resolva para não sofrer nunca mais.

    http://excelentee.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Se é autobiográfico, posso dizer q das mesmas sensações já partilhei, e por vezes a encontro perdida debaixo do tapete que jogamos para seguir os dias e indo além... Não se deleta, se guarda como o bom registro de algo que foi feliz e que deu certo, durante os dias que foram contados!
    Abraços, aparece por lá também
    www.raianareis.blogspot.com - poesias autorais
    www.tocou.blogspot.com - o que toca ao coração

    ResponderExcluir
  23. Nossa, um texto forte e de um grande significado.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  24. "...Corações jovens são em sua maioria inexperientes, portanto, inconseqüentes. Falam demais no momento que amam e não medem o grau do amanhã." Adorei!
    Muito bom,como já disseram,texto forte!Parabéns

    ResponderExcluir
  25. Seus pensamentos são bons e puros...

    Excelente blog...

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  26. ah, obrigada :D
    agora vamos ao q interessa:
    seu texto lembrou a mim mesma, como uma dualidade, e a luta que travo comigo mesma por isso, por um lado os planos feitos, por outro o medo de q estes mesmos planos sejam poeira ao vento, e a comparação que eu faço, entre a Gabriela de hoje e a de 4 ou 5 anos atrás. Ninguem disse q seria facil, mas é uma sensação estranha, deliciosa e ao mesmo tempo torturante.
    Dizem que isso é crescer.

    ResponderExcluir
  27. Oi...

    Nossa adorei seu blog...as coisas que vc escreve...confesso que quando vi o tamanho do post fiquei com preguiça de ler...rsrs...ai fui lendo...lendo...lendo....e não conseguia parar sabe ? ahahaha...
    E adorei...
    Parabéns !

    Vou te seguir !
    se puder passa no meu dps !!

    http://nadadecriativo.blogspot.com/

    Beijos querido !

    ResponderExcluir
  28. obrigada pelos coments Edu!
    bjs e seguindo...

    ResponderExcluir
  29. Infelizmente a memória falha,e somos tão mesquinhos a ponto de guardar sempre os rancores e esquecer os bons e simples momentos que a vida nos dá....

    ResponderExcluir
  30. Oiee ..
    NOSSA seus textos são demais ...
    Otimo post ;^)
    Parabu blog ...
    Sucesso para ti ..
    Beijoss


    http://camilapenha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. Nossos corações em muitas vezes são decididos, as vezes é duvidas, mas desde que a paranoia do consciente não atralhe, em muitas outras coisas, um coração nunca se esquece de um sentimeno que se deixou, seja ele passageiro, mas tudo aprendemos com o fato que nunca é para sempre. Mas se podemos fazer diferente, porque não fazer valer a pena neh? Mas se alguns não fazem, é bom deixar apenas para lembrança.

    PARABÉNS MESMO, PELO BLOG.
    SHOWWWW DE BOLA.
    CONTINUE ASSIM ...

    AGUARDO VC LÁ NO AUSENCIA,
    ABRAÇÃO.

    ResponderExcluir
  32. muito bom

    ame simplesmente , pq se ama e tudo se resume ao amor...

    ResponderExcluir
  33. Oi Di...
    adorei o seu blog...
    ficou mto bonito os seus textos...
    eles tem tdo de vc mesmo, e da pessoa maravilhosa q vc é...!!!!

    TE ADORO MTOOOO...!!!!

    Bjão

    ResponderExcluir
  34. Estou sem palavras... Texto maravilhoso!
    Parabéns, vc escreve muito bem.
    Vou te seguir!
    Sucesso pra vc e para seu blog. ;)
    Me faça uma visita.
    BjOs^^

    ResponderExcluir
  35. Que lindo!!! vc escreve mto bem, belíssimas palavras que são clamentes vindas do coração, todos vivemos momentos q realmente são impossíveis de serem esquecidos...

    ResponderExcluir
  36. Não preciso nem repetir que entrar aqui e ler coisas que me fazem pensar, é o que há de mais gratificante, ainda mais sendo por uma pessoal tao especial! Beijo dii, saudade!

    ResponderExcluir
  37. Belo texto Edu, parabéns.
    Você escreve muitissímo bem.
    Abraços e bons caminhos.

    http://raphaelmuniz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  38. Parabéns pelo texto!
    Sucesso!

    ResponderExcluir
  39. blog muito bom....seguindo !!1

    www.celebritypoke.blogspot.com

    ResponderExcluir
  40. blgo e texto mto bom -q

    vailá no meu ?

    KSAPOKPSOKOSA
    beij

    http://oipit.blogspot.com

    ResponderExcluir
  41. Parebens pelo texto, pelo modo em que vc descreve estes sentimentos, com certeza me identifiquei muito com sua historia, axo q todos ja vivemos um amor parecido, em q no final so nos resta lembranças...
    Mas no meu modo de ver, tudo nessa vida temos q guardar com muito carinho afinal, com final feliz ou ñ faz parte de nós ...
    Mais uma vez parabens
    Aline Gjá

    ResponderExcluir
  42. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  43. Quem diria, um rostinho bonito, um bom tocador de violão,aquele mesmo fã dos bares e da boa música, um grande escritor e pensador.Vejo acima muito comentários referente a esse blog e ao brilhante mentor dessa iniciativa fantástica de postar tão belos pensamentos como estes..gostaria de lhe parabenizar pelo todo datilografado aqui, mas faço questão de postar abaixo deste belo exemplar de sua capacidade de traduzir pensamentos, emoções e derivados em palavras, talento (dom) desconhecido até minutos atraz por mim (irmão em espiríto e sangue). Fiquei realmente emocionado e muito bem esclarecido.
    Obrigado por proporcionar a mim e a outras tantas pessoas a boa leitura e reflexão encontradas aqui.
    Sucesso!

    Abraços: Rafinha.

    ResponderExcluir
  44. Parabéns pelo texto!!

    Acredito que, mesmo que tenhamos uma experiência ruim na nossa vida, devemos continuar apertando a tecla ENTER. Tudo é uma questão de escolhas e nada é em vão. Temos que tirar a dor do peito, mas nunca fecharmos o coração.
    Beijo...

    ResponderExcluir
  45. VC eh magnífico com as palavras meu anjo!!!!
    Adorei tudo....Beijos!

    ResponderExcluir

Aqui voce pode comentar a vontade, criticas construtivas serão sempre bem vindas e aproveitadas.
Vamos juntos eternizar nossos pensamentos.